8 de ago de 2012

A MISSÃO DO PROFESSOR NO SÉCULO XXI NO CONTEXTO DO BRASIL E DO MUNDO


            Durante muitos anos de estudo e prática pedagógica, relacionando teorias com a vivência vislumbra-se o fato que é inadmissível aceitar desculpas pelo não fazer na educação.
            A educação vai além das paredes das escolas. Está inserida em todos ambientes sociais e você educa indiferente do papel social que esteja representando naquele lugar.
          Dessa forma, não basta ensinar teorias, é necessário viver, experimentar, indagar, aguçar, investigar, construir suas próprias concepções. E como fazer isso?
           É fácil! Seja um professor que abraça a missão de ensinar no Brasil e no mundo assumindo seu papel social, político, cultural, histórico os quais integram e compõe uma nação como cidadão co-participativo, crítico, pró-ativo, autor e personagem da construção de uma sociedade que valoriza e respeita o ser humano em sua totalidade. Por quê?
          Simples! “Entre o ideal e o real existe o possível” como reflete o mestre Paulo Freire.
          Esse “possível” é a diferença entre estar e ser docente. E isso ganha grande proporção quando se fala em educação.
          Pois quem faz o que ama com paixão vence obstáculos e transforma realidades, movendo grão por grão e constrói um mundo dando exemplos e fundamentos, partindo de princípios que valorizam e respeitam o ser humano em toda sua diversidade em busca da igualdade.

Barros, Vanderli Cassia, 2011.

Nenhum comentário: