6 de nov de 2012

E.C.A. : redução da maior idade penal x Mudança de concepções sociais




Por: Vanderli Cassia Barros

A pergunta é:  vai resolver?
Quando se fala em redução de maioridade penal, fico preocupada! Essa redução vale para todos ou apenas para o filho do pobre que não tem como pagar um psicológo, psiquisatra para  alegar distúrbios emocionais e encaminhar seu filho para uma clínica de recuperação, ou justificar que é uma vítima social, ou ainda qualquer outra desculpa.
Além disso, trata de forma radical os problemas atuais, mas e a causa desse contexto? A doença social?! Tenho uma visão mais ampla e holística de tal questão, vislumbro que reduzir ou não a maioridade penal não educa ninguém, não muda ou transforma realidades.
O que se faz necessário é uma mudança de concepções sobre a família, comunidade, sociedade, justiça, política, educação, economia, filosofia, etc. Precisamos repensar papeis, contextos que possibilitem reformular a justificativa para nossa existência!
Parte da necessidade de inovar nas estruturas básicas, como educação, segurança e lazer. E digo mais, essa estruturação parte do fato que se faz necessário peneirar profissionais capacitados, eficientes, eficazes e abertos, além dos amparos e recursos tecnológicos e materiais e estruturas físicas.
Só que não podemos deixá-los, ou vê-los como vitima social, pelo fato que todos somos e mesmo assim fizemos escolhas. Entra em uma questão discutida na psicologia a resilência que reflete sobre capacidade do ser humano em lidar e resolver os problemas, além de superar e resistir dificuldades, pressão, etc.. Veja o conceito ai:

A resiliência é um conceito psicológico emprestado da física, definido como a capacidade de o indivíduo lidar com problemas, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas - choque, estresse etc. - sem entrar em surto psicológico(ARAUJO, C.A. & MELLO, M. A. & RIOS, A.M.G., 2011).

Acrescento ainda, mais que conhecimento o ser humano precisa educar sua emoção, entender seus sentimentos, compreender seu funcionamento, e seu lugar na sociedade.
Então, considero que somos dotados de características individuais marcantes, e uma personalidade em formação, conforme o ambiente pode ser influenciado positiva ou negativamente (entramos na resilência novamente). Trabalhar o foco, ambientes, a convivência social, a emoção humana.
E o contexto da formação humana se resume nos fundamentos: conhecimento x afetividade (sentimentos), construir uma identidade crítica, reflexiva e que reconhece seu papel na sociedade e sua dinâmica como ser humano, sensível em relação ao outro e forte diante das diversidades.
Educar para o crescer, conhecer e construir! Tratar a causa da doença social, os males da sociedade, significa humanizar o seres humanos!

REFERÊNCIAS
ARAUJO, C.A. & MELLO, M. A. & RIOS, A.M.G. Resiliência. Teoria e Práticas de Pesquisa em Psicologia. São Paulo, Ithaka Books, 2011

8 de ago de 2012

A MISSÃO DO PROFESSOR NO SÉCULO XXI NO CONTEXTO DO BRASIL E DO MUNDO


            Durante muitos anos de estudo e prática pedagógica, relacionando teorias com a vivência vislumbra-se o fato que é inadmissível aceitar desculpas pelo não fazer na educação.
            A educação vai além das paredes das escolas. Está inserida em todos ambientes sociais e você educa indiferente do papel social que esteja representando naquele lugar.
          Dessa forma, não basta ensinar teorias, é necessário viver, experimentar, indagar, aguçar, investigar, construir suas próprias concepções. E como fazer isso?
           É fácil! Seja um professor que abraça a missão de ensinar no Brasil e no mundo assumindo seu papel social, político, cultural, histórico os quais integram e compõe uma nação como cidadão co-participativo, crítico, pró-ativo, autor e personagem da construção de uma sociedade que valoriza e respeita o ser humano em sua totalidade. Por quê?
          Simples! “Entre o ideal e o real existe o possível” como reflete o mestre Paulo Freire.
          Esse “possível” é a diferença entre estar e ser docente. E isso ganha grande proporção quando se fala em educação.
          Pois quem faz o que ama com paixão vence obstáculos e transforma realidades, movendo grão por grão e constrói um mundo dando exemplos e fundamentos, partindo de princípios que valorizam e respeitam o ser humano em toda sua diversidade em busca da igualdade.

Barros, Vanderli Cassia, 2011.

28 de ago de 2011

VERDADES

 "Triste é a escola que não acompanha o mundo de hoje, ignorando aquilo que seu aluno já vivencia fora dela. Transforma aquele que inteligentemente a questiona e que saudavelmente se recusa a buscar um conhecimento parado num 'portador de problema de aprendizagem'." Weiss, 2008, p. 18.

8 de ago de 2011

MEU NOME: minha persona...quem sou eu...

Meu Arcano Pessoal é:

19 - O SOL

Palavras-Chave:

Criatividade e Alegria




Acontecimento marcante a nível psicológico por volta dos 19 anos;
O pai como energia solar em sua Vida: ligação poderosa;
Espírito empreendedor;
Busca o máximo de conscientização;
Bom humor;
Ilumina os ambientes;
Calor humano;
Cuidado com o orgulho;
Não queira ser o centro das atenções;
Pode ser colocada na berlinda;
Sinceridade e franqueza;
Temperamento expansivo;
Narcisismo;
Impetuosidade e ousadia;
Quer ver todos a volta felizes;
Gosto pelas artes em geral;
Atração pelos brilhos ou coisas douradas;
Caminhe e esteja em contato com a força solar;
Coração aberto a todos;
Proteção e preservação;
Quer e busca clareza em tudo;
Auto-confiança;
Relacionar-se é viver intensamente;
Festivo(a) ou divertido(a);
Não deixe que ninguém interfira em seus sonhos;
Galhardia;
Precisa se expressar de todas as formas;
Cuidado com a infidelidade (sua ou dos outros);
Voluntariosa;
Aposta na própria capacidade;
Detesta pendências;
Irrita-se por não obter reconhecimento;
Quer ser especial para todos;
Vença as vaidades ou caprichos;
Gosto por viagens e aventuras;
Precisa focalizar suas metas;
Saiba dar prioridade a cada coisa;
Vença a ansiedade;
Evite a desorganização;
Ótimo(a) anfitrião(ã);
Cuide dos olhos, coração, sangue, cabelos;
Vontade de fazer algo maior em Vida;
Cuidado com o extremismo;
Não cobre dos outros o que não podem dar;
Ponderância quanto a dinheiro;
Precisa exercitar-se sempre;
Saiba usar sua liderança com moderação;
Não seja prepotente;
Magnânimo(a) ou nobreza de espírito.

28 de jun de 2011

TEATRO DO OPRIMIDO

Augusto Boal: uma lição de cidadania.

OCUPANDO ESPAÇO EM FORMOSA/GO

Oficinas de Inicação Teatral
60 horas
Aos sábados das 15 as 18 horas.
3 x de R$80,00

Oficina de Maquiagem,  Figurino e Cenário Teatral
60 horas

Aos sábados das 13 as 15 horas
3 x R$ 80,00

Contatos: Vanderli Cassia 61-99038032 e/ou 82258771

Incrições Abertas: 01/07/2011
Grupo Espaço da Arte
Grupo em formação interessados entrar em contato.